A acne é a condição de pele mais comum em todo o mundo. Embora seja comum, informações precisas sobre a acne podem ser escassas. Isso pode dificultar a obtenção de uma pele mais limpa e saudável.

A informação neste texto pode ajudá-lo a entender a acne e como tratá-la com sucesso.

Por que tratar a acne?

Os mitos sobre a acne são tão comuns quanto este problema de pele. Um deles é que você deve deixar a acne seguir seu curso. Os dermatologistas sabem: estre nem sempre é o melhor conselho. Entenda melhor:

  • Sem tratamento, manchas escuras e cicatrizes permanentes podem aparecer na pele, à medida que a acne desaparece.
  • Tratar acne geralmente aumenta a auto-estima de uma pessoa.
  • Muitos tratamentos efetivos estão disponíveis.
  • Não são só os adolescentes têm acne. Um número crescente de mulheres sofrem com a condição em seus 30, 40, 50 anos e além. Os dermatologistas não sabem por que isso está acontecendo, mas entendem que a acne adulta pode ser particularmente frustrante.

Acne: Sinais e Sintomas

Conheça quais são os sinais e sintomas que indicam um possível problema com acne:

  • Cravos
  • Cabeça branca
  • Pápula
  • Pústulas (o que muitas pessoas chamam de espinhas)
  • Cistos
  • Nódulos

A acne pode aparecer também em outras áreas, além do rosto, como o peito, pescoço, ombros, costas, braços e nádegas.

Sintomas de acne

A acne pode causar mais do que manchas e lesões no rosto. Estudos mostram que as pessoas que têm acne podem ter:

  • Baixa auto-estima: muitas pessoas que sofrem com acne dizem que a condição faz com que elas se sintam mal consigo mesmas. Por causa de sua acne, eles não querem estar com os amigos, na escola ou no trabalho. As notas podem deslizar e o absenteísmo pode se tornar um problema.
  • Depressão: A acne pode levar, até mesmo, à depressão, quando aliada a outros fatores. A depressão é uma condição médica, que pode ocasionar falta de motivação e energia, apatia e tristeza, além de até mesmo levar o indivíduo a considerar o suicídio.
  • Manchas escuras na pele: essas manchas aparecem depois que a acne é curada. Pode demorar meses ou anos para que essas manchas escuras desapareçam.
  • Cicatrizes: Pessoas que sofrem com cistos de acne e nódulos muitas vezes acabam com cicatrizes bastante visíveis. Você pode evitar essas cicatrizes tratando a acne com antecedência. É indicado consultar um dermatologista, desde os 8 ou 12 anos de idade, especialmente se alguém na sua família teve problemas com cistos de acne e nódulos. O tratamento da acne antes que os cistos e os nódulos apareçam pode prevenir cicatrizes.

Quem tem acne?

Se você tem um caso sério de acne, saiba que não está sozinho. Mas muitas pessoas têm acne: trata-se do problema de pele mais comum no Brasil. Milhões de brasileiros sofrem com a acne, em diferentes níveis de gravidade.

A maioria das pessoas que têm acne são adolescentes ou adultos jovens, mas ela pode ocorrer a qualquer idade. Até mesmo bebês recém-nascidos podem sofrer com acne. Homens e mulheres têm acne, mesmo quando atingem a meia idade.

O que causa acne?

A acne aparece quando um poro na nossa pele é obstruído. Este entupimento começa com células mortas da pele. Normalmente, células mortas da pele sobem para a superfície do poro, e o corpo expulsa estas células. Quando o corpo começa a produzir mais sebo – o óleo que evita que nossa pele fique seca demais – as células mortas da pele podem ficar presas dentro do poro, ao invés de subir para a superfície.

Às vezes, bactérias que vivem em nossa pele também entram no poro entupido. Dentro do poro, as bactérias encontram um ambiente perfeito para se multiplicar muito rapidamente. Isso causa o aparecimento de inflamações no poro, o deixando vermelho e inchado. Se a inflamação se aprofundar na pele, aparece o cisto ou nódulo da acne.

Acne: Diagnóstico e Tratamento

Como os dermatologistas diagnosticam a acne?

Para diagnosticar a acne, é sempre preciso contar com a avaliação de um dermatologista. Isso porque outras condições da pele podem parecer acne.

Se você tem acne, seu dermatologista a classificará em níveis: do grau 1 (acne leve) até o grau 4 (acne severa).

Como os dermatologistas tratam a acne?

Hoje, existem muitos tratamentos eficazes contra a acne. Isso não significa que todos os tratamentos de acne funcionam para todos os pacientes, mas sim que praticamente todos os casos de acne podem ser controlados.

As pessoas com acne leve podem ter pontos brancos, cravos, pápulas ou pústulas além de algumas manchas. Nesses casos, é possível até mesmo tratar o problema com produtos simples – mas nunca sem orientação de um dermatologista.  Nenhum tratamento para acne, no entanto, funciona do dia para a noite.

O tratamento em casa exige de 4 a 8 semanas para começar a surtir efeitos. Uma vez que limpa a acne, você deve continuar a tratar a pele.

Quando ver um dermatologista

Se você tem uma grande quantidade de acne, cistos ou nódulos, um medicamento que pode ser comprado sem receita médica pode não funcionar. Se você quiser uma pele mais limpa e lisa, deve sempre consultar um dermatologista.

Os dermatologistas podem oferecer os seguintes tipos de tratamento:

  • Tratamento tópico: esse é um tipo de tratamento muito comum, aplicado diretamente na pele em forma de cremes ou pomadas. Existem muitos tratamentos tópicos para a acne. Alguns deles funcionam ajudando a matar as bactérias que causam as infecções. Outros trabalham na redução da oleosidade. Seu dermatologista determinará o que é melhor para o seu caso.
  • Medicamentos: dependendo do caso e da seriedade do problema, pode ser necessário o uso de medicamentos, em especial quando as lesões da acne são vermelhas e inchadas. Este tipo de tratamento geralmente é necessário para tratar cistos e nódulos de acne.
  • Seu dermatologista pode prescrever os seguintes remédios, sozinhos ou em conjunto: Antibióticos (ajuda a matar bactérias e reduzir a inflamação), pílulas anticoncepcionais e outros medicamentos que agem nos hormônios (podem ser úteis para as mulheres), entre outros.
  • Procedimentos que tratam a acne: seu dermatologista pode tratar sua acne com um procedimento que pode ser realizado na clínica. Esses tratamentos incluem lasers e outras terapias de luz, já que esses dispositivos ajudam a reduzir as bactérias na pele.
  • Peelings químicos: os peelings químicos utilizados em consultórios são normalmente mais eficientes do que outros tipos de limpeza de pele. Os dermatologistas usam o peeling químico para tratar dois tipos de acne: cravos pretos e pápulas.
  • Remoção de acne: seu dermatologista pode realizar um procedimento para remover cistos maiores ou mais profundos. Este procedimento ajuda quando o cisto não responde ao medicamento. Também ajuda a aliviar a dor e diminui a chance de que o cisto deixe uma cicatriz.
  • Esperar que a acne suma por si só pode ser frustrante. Sem tratamento, a acne pode causar cicatrizes permanentes, baixa auto-estima, depressão e ansiedade. Para evitar esses possíveis problemas, é recomendado tratar a acne desde cedo.

Mesmo quando as lesões desaparecerem, o tratamento deve continuar. Isso impede que novos cistos apareçam. Seu dermatologista pode dizer quando você não precisa mais tratar a acne para evitá-las.

Acne: Dicas para Gerenciamento

Você pode reduzir sua acne seguindo estas dicas de cuidados com a pele:

  • Lave o rosto duas vezes ao dia e sempre que transpirar. A transpiração, especialmente quando se usa um chapéu ou capacete, pode piorar a acne, então lave a pele o mais rápido possível após a transpiração. Use a ponta dos dedos para aplicar um sabonete suave e não-abrasivo. Usar uma toalha, esponja de malha ou qualquer outra coisa pode irritar a pele.
  • Seja gentil com sua pele. Use produtos suaves, como aqueles que são livres de álcool. Não use produtos que irritam sua pele, que podem incluir adstringentes, toner e esfoliantes.
  • Esfregar a pele pode piorar a acne. Evite a tentação de esfregar a pele. Enxágue com água morna e utilize sabonete regularmente. Se você tem cabelo oleoso, utilize shampoo diariamente.
  • Deixe sua pele curar naturalmente. Se você estourar ou espremer sua acne, sua pele levará mais tempo para limpar e você aumenta o risco de ficar com cicatrizes.
  • Mantenha suas mãos longe do seu rosto. Tocar sua pele ao longo do dia pode provocar crises.
  • Se proteja do sol e não utilize camas de bronzeamento. Além de prejudicar sua pele, alguns medicamentos contra a acne tornam a pele muito sensível à luz ultravioleta (UV), que você obtém tanto do sol quanto de dispositivos de bronzeamento artificial. O uso de camas de bronzeamento aumenta o risco de melanoma, a forma mais mortal de câncer de pele.
  • Consulte um dermatologista. Se sua acne te incomoda, te deixa tímido ou envergonhado, procure um dermatologista e comece a tratá-la o quanto antes.

Hoje, praticamente todos os casos de acne podem ser tratados com sucesso. Os dermatologistas podem ajudar a tratar a acne existente, evitar novos surtos e reduzir as chances de desenvolver cicatrizes.

Se você tiver dúvidas ou preocupações sobre cuidar da sua pele, você deve marcar uma consulta com um dermatologista o quanto antes.